Indicado pela minha amiga Zilda do Blog Somos todos aprendizes

Trajetos De Uma Estrada

Trajetos De Uma Estrada
Esse é o meu primeiro livro (Trajetos De Uma Estrada)

sábado, 4 de junho de 2011

Terra de ninguém

A vida que peca,
que seca
os hábitos honestos
e tira de outrem o
ganho com suor.
Meus senhores!
-Tirem de mim
essa impressão:
que a lei faliu,
a justiça sumiu...
a que dia,
a que hora
eu me sentirei seguro?
-Onde?!
Orem por mim
senhores dos impostos!
Ora!
–Eu quero o mínimo,
de proteção!
Sim, sou cidadão...
Vivo aqui, na terra de ninguém
e rogo que essa terra
garanta o chão
pra quem anda nos trilhos.
encurralados pela distante proteção.

2 comentários:

José Alencastro disse...

Já estou seguindo seu blog pelo Google friend conect, tem um belo conteúdo, convido a conhecer meu blog: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/ e também seguir-me pelo Google friend. Abraço

Mariano P. Sousa disse...

Obrigadão camarada!
Passei no seu espaço e gostei muito do conteúdo.
Abraço!